PROJETO 2.01.0042 (1558)

2.01.0042 (1558)
80/2018
20/11/2018
31/10/2019
FUNTEF-PR CURITIBA

VANDERLEIA LAODETE PULGA

CONTRATO 80/2018 - EDUCAÇÃO POPULAR, EQUIDADE E SAUDE: CAPACITAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DE ATORES SOCIAIS PARA FORTALECIMENTO DO SUS - UFFS


CAPACITAÇÃO DE ESTUDANTES, PROFESSORES, RESIDENTES, MOVIMENTOS SOCIAIS POPULARES, GESTORES E TRABALHADORES DO SUS E ATORES SOCIAIS, NA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE E NAS POLÍTICAS DE EQUIDADE.


O BRASIL TEM PRECONIZADO NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 E PELA LEI Nº. 8080/90 E 8142/90 O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS) COMO SISTEMA UNIVERSAL DE SAÚDE. A PARTIR DAÍ VEM DESENVOLVENDO UM PROCESSO DE REORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO À SAÚDE NA TENTATIVA DE VENCER OS DESAFIOS DECORRENTES DA TRANSIÇÃO EPIDEMIOLÓGICA, DAS DESIGUALDADES SOCIAIS E DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELO ESTADO PARA GARANTIR SERVIÇOS DE QUALIDADE À POPULAÇÃO. AS CONDIÇÕES DE SAÚDE DO POVO BRASILEIRO VÊM MELHORANDO, ESPECIALMENTE PELA EXPANSÃO DE AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE GARANTIDOS PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS, COMO TAMBÉM PELO RESULTADO DA MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE VIDA DA POPULAÇÃO, VIABILIZADA POR UM CONJUNTO DE POLÍTICAS SOCIAIS, ECONÔMICAS E CULTURAIS PROMOVIDAS NOS ÚLTIMOS ANOS. O SUS ESTÁ SE CONSOLIDANDO COMO UMA DAS PRINCIPAIS POLÍTICAS SOCIAIS DO PAÍS E O BRASIL É RECONHECIDO MUNDIALMENTE POR TER UM SISTEMA UNIVERSAL DE ATENÇÃO À SAÚDE. COMO POLÍTICA DE ESTADO, O SUS É UMA CONQUISTA DO POVO BRASILEIRO CONSTRUÍDA PELAS TRÊS ESFERAS DE GOVERNOS - FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL - E PROMOVE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE EM TODOS OS NÍVEIS VISLUMBRANDO A FORMAÇÃO DE REDES DE ATENÇÃO. É UM SISTEMA QUE PROMOVE E RECONHECE A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE E DE SEUS PROCESSOS DE EDUCAÇÃO PERMANENTE NO COTIDIANO DOS SERVIÇOS. A PARTIR DE SUA CRIAÇÃO, O SUS VEM SENDO FORTALECIDO POR POLÍTICAS, PROGRAMAS E AÇÕES ESTRATÉGICAS, TAIS COMO: A ATENÇÃO BÁSICA COM A ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA, O SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÉDICO DE URGÊNCIA - SAMU, O PROGRAMA BRASIL SORRIDENTE, O PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR, ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA, AS UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA, AS CENTRAIS DE REGULAÇÃO MÉDICA, O PROGRAMA OLHAR BRASIL, SAÚDE NA ESCOLA, SAÚDE NÃO TEM PREÇO, O CONTE COM A GENTE, O MELHOR EM CASA E AS REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE - RAS REGIONALIZADAS (REDE SAÚDE TODA HORA, REDE CEGONHA, REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA E REDE DE SAÚDE MENTAL). MERECEM DESTAQUE, TAMBÉM, O PLANO PARA ENFRENTAMENTO DO CRACK E OUTRAS DROGAS COM AÇÕES DE PREVENÇÃO E COMBATE AO TRÁFICO E OS CONSULTÓRIOS DE RUA, O PROGRAMA QUALISUS, O HUMANIZA SUS, O PROGRAMA ENVELHECIMENTO E SAÚDE DA PESSOA IDOSA, O PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO, AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE, A REORGANIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE TRANSPLANTES, A POLÍTICA NACIONAL DE EQUIDADE E A POLÍTICA NACIONAL DE EDUCAÇÃO POPULAR E SAÚDE, DENTRE OUTRAS. ESSA MELHORIA NA INFRA-ESTRUTURA DO SUS TEM RELEVANTE IMPACTO NOS INDICADORES DE SAÚDE QUE APONTAM PARA A MELHORIA NA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA. A TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL DE 21,64 POR MIL NASCIDOS VIVOS PARA O BRASIL, DIVULGADA NA TÁBUA DE MORTALIDADE DE 2010 (IBGE, 2011), DECLINOU EM 28,03% DURANTE A PRIMEIRA DÉCADA DE 2000. OS ÍNDICES DE DESNUTRIÇÃO EM MENORES DE CINCO ANOS MELHORARAM EM TODOS OS SEUS COMPONENTES. HOUVE UMA REDUÇÃO NO NÚMERO DE ÓBITOS POR DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS, DA DENGUE, DA TUBERCULOSE, DA HANSENÍASE, DENTRE OUTRAS. O BRASIL AVANÇA TAMBÉM EM POLÍTICAS E AÇÕES DE PROMOÇÃO DA SAÚDE QUE DIALOGAM COM O COTIDIANO DE VIDA DAS PESSOAS VALORIZANDO SUAS CONDIÇÕES MATERIAIS E IMATERIAIS DE EXISTÊNCIA, BEM COMO OS DIVERSOS ASPECTOS ENVOLVIDOS NOS PROCESSOS DE SAÚDE E DOENÇA. ALÉM DISTO, DESTACA-SE A POLÍTICA DE REESTRUTURAÇÃO DA ATENÇÃO HOSPITALAR COM PROGRAMAS, AÇÕES E FINANCIAMENTO ESPECÍFICO PARA HOSPITAIS DE ENSINO, DE PEQUENO PORTE, FILANTRÓPICOS E PARA O FORTALECIMENTO DE TODA A REDE PÚBLICA DE SAÚDE DESTINADA AO ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO PELO SUS. HOUVE INVESTIMENTO NA GESTÃO DESCENTRALIZADA E REGIONALIZADA DO SUS, RESPEITANDO AS NECESSIDADES LOCORREGIONAIS. MERECE DESTAQUE O PACTO PELA SAÚDE QUE PROPÕE UM CONJUNTO DE REFORMAS INSTITUCIONAIS PACTUADAS ENTRE AS TRÊS ESFERAS DE GESTÃO (UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS) DO SUS, CUJO OBJETIVO É PROMOVER INOVAÇÕES NOS PROCESSOS E INSTRUMENTOS DE GESTÃO. O PACTO TRADUZ: COMPROMISSO DOS GESTORES COM AS PRIORIDADES DE IMPACTO SOBRE A SAÚDE DA POPULAÇÃO (PACTO PELA VIDA); COM A CONSOLIDAÇÃO E DEFESA DOS PRINCÍPIOS DO SUS (PACTO EM DEFESA DO SUS) E O PACTO DE GESTÃO RESGATA O APOIO ENTRE OS ENTES FEDERATIVOS CONSTITUINDO ESPAÇOS DE GESTÃO COMPARTILHADA.


UFFS
UFFS
674.800,00

Descrição Valor R$
PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOÇÃO 165.000,00
DIARIAS 140.000,00
MATERIAL DE CONSUMO 18.600,00
SERVIÇOS PESSOA FÍSICA 24.000,00
OUTROS SERVICOS DE TERCEIROS/ PESSOA JURIDICA 120.919,10
BOLSAS 48.000,00
ENCARGOS 4.800,00
AUXÍLIO PESQUISADOR 120.000,00
RESSARCIMENTO CUSTOS OPERACIONAIS 33.480,90









FUNTEF-PR CURITIBA
FUNDAÇÃO DE APOIO À E.P.D.C.T DA UTFPR
02.032.297/0001-00

AVENIDA SETE DE SETEMBRO, 3165
(41)3310-4735
portaldatransparencia@funtefpr.org.br
http://www.funtefpr.org.br
Portal desenvolvido por FP2 Tecnologia